Violência cresce, consumo de drogas dispara, mas Dilma corta recursos para a segurança pública

Ao criticar, no Plenário, na sessão desta quarta-feira de Cinzas, o descaso e a ineficiência do governo federal no setor de segurança pública, o senador Alvaro Dias leu uma notícia que, para ele, é tão triste quanto estarrecedora: o Conselho Internacional de Controle de Narcóticos, ligado à ONU, acaba de divulgar que o consumo de cocaína no Brasil mais que dobrou nos últimos dez anos e já é quatro vezes superior à média mundial. A pesquisa do Conselho da ONU, citada pelo senador, revela ainda que, em 2005, 0,7% da população entre 12 e 65 anos consumia a droga. Em 2011, essa taxa chegou a 1,75%.

E as más notícias no setor de segurança, segundo Alvaro Dias, não param por aí. O senador lamentou, na Tribuna, o corte, por parte do governo Dilma, de uma emenda parlamentar de toda a bancada paranaense, destinada a reforçar o aparelhamento da polícia na região de fronteira do estado do Paraná. Para Alvaro Dias, o corte da emenda, no valor de R$ 130 milhões, “é uma temeridade” e demonstra a falta de visão estratégica deste governo, já que os recursos seriam utilizados para equipar as forças de segurança no combate à entrada de drogas no Brasil.

“Os valores da emenda da bancada paranaense iriam melhorar a segurança na tríplice fronteira, mas a presidente Dilma, o ministro Mantega e a ministra do Planejamento a bloquearam, no orçamento. A emenda que toda a Bancada do Paraná apresentou visava garantir a aquisição de equipamentos modernos e sofisticados pelas forças de segurança que iriam melhorar a vigilância na zona de fronteira, nos municípios compreendidos entre Foz do Iguaçu e Barracão, mais ao sul do Estado, e Foz e Guairá, mais ao norte do Paraná. Esses equipamentos modernos iriam ajudar na conjugação de esforços de vários setores da segurança, incluindo as políticas e o Exército, para gerar maior segurança na faixa da tríplice fronteira. O prejuízo, na esfera da segurança pública, engloba não apenas o Paraná, mas todos os brasileiros”, disse o senador Alvaro Dias, destacando ainda que no ano passado, o governo já havia contingenciado mais de R$ 3 bilhões do Orçamento da União para a segurança pública no País.

Durante seu pronunciamento, o senador também relatou que esteve em Londrina (PR), na última sexta-feira (28/2), conversando com representantes dos bombeiros, da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Polícia Federal sobre as dificuldades enfrentadas no dia a dia para o desempenho de suas funções. Os policiais, informou o senador, pedem recomposição salarial e mais estrutura para a realização de seu trabalho. Alvaro Dias citou uma pesquisa que aponta que mais de 250 agentes deixam a Polícia Federal anualmente, em busca de melhores salários, e mais de 85% do quadro se sentem infelizes no trabalho.

“Conversei longamente com os Policiais Federais em Londrina na última sexta-feira, ouvi deles as reivindicações que são veiculadas e o desenho da realidade vivida por essa instituição essencial para o país, especialmente nesse momento em que a população indignada se encontra com tantos escândalos de corrupção. As nossas homenagens àqueles que, de forma direta ou indireta, combatem o crime e a corrupção”, concluiu o senador.

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.