A renúncia do presidente da FIFA

Em entrevista no Senado, o senador Alvaro Dias, que foi presidente da CPI do Futebol, disse que a renúncia de Blater, dias depois de ser eleito, é “sintomática” e que o escândalo envolvendo cartolas pode ser um marco no futebol mundial