Repúdio à ocupação do plenário

Em entrevista na tarde desta terça-feira(11/7) o senador criticou o protesto-ocupação no plenário do Senado – que está impedindo a votação da reforma trabalhista. “Reformas são discutidas no voto, e não no grito”, disse.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram