Para o senador Alvaro Dias, a intenção do governo de reduzir o número de ministérios para tentar alavancar popularidade é boa, mas demorou muito: “O governo chega tarde. Por que não fez antes uma reforma administrativa?”, questionou.