População defende redução da maioridade penal como principal medida para coibir a violência

Redução da maioridade penal para 16 anos. Esta é a principal solução apontada pela população brasileira para combater o aumento progressivo da criminalidade, da insegurança e da violência no País. O resultado consta da pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (29). Quando questionados sobre qual seria a medida mais adequada para o combate à violência nas cidades brasileiras, 37,6%% dos entrevistados pela CNT apontaram a redução da maioridade penal como principal solução, contra 31,5% que pedem mais policiamento nas ruas. Outros 16,5% pedem mais investimento em educação como forma de combate à insegurança, 9,9% querem aumento nas penas dos criminosos, e outros 2,5% apontam a construção de novos presídios como ação para diminuir a violência.

O senador Alvaro Dias é autor de uma PEC que altera o artigo 228 da Constituição Federal, para que ela passe a vigorar prevendo que apenas os menores de 15 anos sejam penalmente inimputáveis. Ou seja, a proposta do senador reduz de 18 para 15 anos a idade mínima para que o brasileiro responda por um crime na Justiça. O senador, ao apresentar sua proposta, disse que embora a Constituinte de 88 tenha presumido que o indivíduo menor de 18 anos tem um desenvolvimento mental incompleto, esse argumento não é comprovado pela ciência psiquiátrica. Na sua PEC, Alvaro Dias ainda critica a afirmação dos que são contrários à redução de que não temos um sistema prisional adequado para acolher menores. Ele afirma que a população paga impostos para que o governo ofereça um sistema prisional adequado e uma legislação que proteja à sociedade.

Apesar de terem sido derrotadas na CCJ, em fevereiro, as propostas que previam a redução da maioridade penal, foi apresentado recurso, assinado por mais de um décimo da composição no Senado. Com isso, a proposta do senador Alvaro Dias, a PEC 21/2013, voltou para o Plenário, onde aguarda entrar na Ordem do Dia para a realização da primeira sessão de discussão, em primeiro turno.

A pesquisa CNT/MDA apontou ainda o crescimento no número de pessoas que acreditam que a violência aumentou no último ano. Em fevereiro, quando foi divulgada a 117ª Pesquisa CNT, 76,8% diziam ter essa percepção. Neste mês, o índice passou para 85,3%. Enquanto isso, o total de pessoas que não veem piora caiu de 22,9% para 14,4%.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marco On 12 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

Uma balsa com um tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido atracou, no último sábado, no Porto Encontro das Águas, terminal da Petrobras em Manaus (AM), acompanhada pelo Navio-Patrulha Fluvial “Roraima”, subordinado ao

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias apresentou projeto de lei (PL), esta segunda-feira (08/02), que estabelece eleições diretas para a Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de promover outras mudanças que

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Marco On 5 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias fez um requerimento solicitando a inserção do voto de pesar pela morte do ex-prefeito de Cascavel, oeste do Paraná, Salazar Barreiros, nos anais do Senado Federal, nesta sexta-feira (5/2). “Com a

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.