O projeto de poder que “justificou” a instalação do modelo político da promiscuidade em debate no Paraná

O senador Alvaro Dias concedeu entrevistas às rádios CBN e Globo de Londrina na manha desta segunda-feira (21/12). Em debate, o projeto de poder que “justificou” a instalação do modelo político atual, onde a corrupção é epidêmica e a promiscuidade virou regra nas relações políticas entre o poder executivo e legislativo. Este modelo, matriz de inúmeros escândalos de corrupção, teve diferentes fontes e origens ao longo dos últimos anos. A primeira origem foi o mensalão, depois a Petrobrás, e foi institucionalizado com a participação ativa do palácio do planalto logo no início em 2003, com a posse do PT. Esta sujeira toda, que hoje inunda a politica brasileira, não é novidade, pois desde 2003 o senador Alvaro Dias tem protestado, requereu informações, denunciou, propôs diversas alterações na legislação para combater a corrupção e a impunidade, e representou diversas vezes junto às autoridades responsáveis para apuração de denúncias envolvendo corrupção em diversos órgãos do Governo Federal. #ADComunicação

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram