O burro de Buridan – Sugestão de Leitura

Na travessia da vida é fundamental tomar decisão ante um problema determinado, sob pena de se render ao medo da indecisão. No século XIV, na Idade Média, o padre secular e filósofo francês Jean Buridan, usando o conceito de livre arbítrio o exemplificou na lenda “O Burro de Buridan”. Nela um asno faminto e sedento de sede foi colocado diante de um monte de aveia e um balde de água. O animal olhava os dois e não sabia se matava primeiro a fome ou saciava a sede. O tempo passando, o animal escoiceando o ar, acelerava o seu batimento cardíaco. Após horas de indecisão e não sabendo o que escolher o burro morreu de fome e sede. “Leia o artigo de Hélio Duque na integra clicando aqui”

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram