Nestor Cerveró rebate Dilma sobre relatório falho de Pasadena e diz que não foi “rebaixado”

Em depoimento na Câmara dos Deputados, o ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, afirmou nesta quarta-feira (16) que as cláusulas omitidas no resumo para aquisição da refinaria de Pasadena (EUA), em 2006, não eram importantes, rebatendo declaração da presidente Dilma Rousseff de que o parecer era falho por causa dessa omissão. “Não houve nenhuma intenção de enganar ninguém.A posição não é só minha, mas da diretoria e do conselho que aprovou o projeto. Não existem decisões individuais nem na diretoria nem no conselho. Foi tudo baseado numa série de consultorias ao longo de mais de um ano”, disse.

A presidente Dilma havia criticado o resumo feito por Cerveró por omitir, na transação para compra de metade da refinaria de Pasadena com a empresa Astra Oil, a existência das cláusulas “Put Option” (que estabelecia que em caso de desacordo entre os sócios uma parte comprasse a outra) e “Marlim” (que dava à outra sócia uma garantia de rentabilidade mínima de 6,9% ao ano).

“A cláusula de saída, ‘Put Option’, é uma prática mais do que comum. A Petrobras tem centenas de participações, sempre com cláusula de saída. É isso que é a cláusula de ‘Put Option’, nada mais do que isso, não tem nenhuma relevância, não é um aspecto importante”, afirmou Cerveró.

“Não fui rebaixado”

O ex-diretor da área internacional da Petrobras defendeu a compra da refinaria e disse também que não foi “rebaixado” ao ser demitido do cargo em 2008 e remanejado para a diretoria financeira da BR Distribuidora.

“Eu não fui rebaixado, eu fui substituído, que é um processo normal das diretorias da Petrobras. Não há emprego de diretor, é uma condição especial. Da mesma forma que fui nomeado em 2003 fui substituído em 2008. É uma questão de conveniência, o conselho é que decide. Não houve nenhuma punição, inclusive na minha saída está registrado na ata do conselho uma série de elogios ao meu desempenho na área internacional”, afirmou Cerveró

Foto:  Alan Marques/Folhapress

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.