“Na Copa do superfaturamento, o Brasil já é o campeão disparado”

É uma tragédia a organização da Copa do Mundo no Brasil, em contraste com as demandas sociais e as necessidades da população, o que causa revolta na maioria dos brasileiros. Quem afirma é o senador Alvaro Dias, que, em pronunciamento no Plenário, nesta quinta-feira (13), revelou seu espanto com algumas informações que surgiram na audiência pública realizada da Comissão de Educação, na última terça-feira (11), para debater a situação das obras para a Copa, principalmente em relação aos gastos para a competição. Para Alvaro Dias, a organização desta competição se descortina em um monumental escândalo de corrupção, em nome de um evento que está transformando o Brasil no paraíso do superfaturamento.

“O debate foi importante, já que o que se descortina a nossa frente é um monumental escândalo de corrupção em nome de uma Copa do Mundo a se realizar no Brasil. É a transformação do nosso País no paraíso do superfaturamento. E é evidente que o noticiário internacional dá conta de que os dirigentes da FIFA se arrependem amargamente de ter escolhido o Brasil para sediar essa Copa. Chegam a afirmar nos bastidores da entidade que provavelmente será a pior Copa da história em matéria de organização e resultados. Mas a Copa é o maior espetáculo midiático do mundo, que está sendo pessimamente aproveitado pelo Brasil. Desejaram a realização da Copa do Mundo, mas não souberam o que fazer com essa primazia e estão desperdiçando uma oportunidade preciosa de demonstrar competência, capacidade de organização e, sobretudo, capacidade de vender bem uma imagem positiva do nosso País”, disse o senador Alvaro Dias no Plenário.

No seu discurso, Alvaro Dias citou alguns dos dados colhidos na audiência pública e que, para ele, traduzem o desperdício de dinheiro e os gastos exorbitantes nos preparativos do evento:

– Enquanto o custo por assento na África do Sul foi de R$ 5.535,80 e na Alemanha de R$ 5.497,02, o custo por assento no Brasil é de R$ 11.803,08.
– Com relação às obras de mobilidade urbana financiadas pela Caixa Econômica Federal no corrente ano, da promessa inicial de serem realizadas 41 intervenções urbanas nas cidades-sede da Copa, apenas 31 foram efetivamente esboçadas, e dessas, uma foi de fato concluída; cinco tiveram mais de 75% de desembolso para sua realização; sete tiveram entre 50% e 75% de desembolso; 13 estão atualmente com menos de 50% de desembolso; por fim, cinco obras nem mesmo foram iniciadas, muito menos receberam recursos.
– O gasto máximo previsto inicialmente com os 12 estádios das cidades-sede era R$ 2,8 bilhões. Entretanto hoje já se encontra em R$ 8,5 bilhões, ou seja, um aumento de 240% no gasto com estádios. Somente o estádio de Brasília se aproxima de um gasto final de R$ 2 bilhões.

“Os números que apresentamos aqui no Plenário revelam: o Brasil é o campeão de superfaturamento. Na Copa do superfaturamento, o Brasil já é campeão. Não se discute mais; não há mais nenhum jogo a realizar. Já jogamos o jogo da corrupção e o do superfaturamento; o Brasil é campeão disparado”, afirmou o senador Alvaro Dias.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marco On 12 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

Uma balsa com um tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido atracou, no último sábado, no Porto Encontro das Águas, terminal da Petrobras em Manaus (AM), acompanhada pelo Navio-Patrulha Fluvial “Roraima”, subordinado ao

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias apresentou projeto de lei (PL), esta segunda-feira (08/02), que estabelece eleições diretas para a Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de promover outras mudanças que

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Marco On 5 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias fez um requerimento solicitando a inserção do voto de pesar pela morte do ex-prefeito de Cascavel, oeste do Paraná, Salazar Barreiros, nos anais do Senado Federal, nesta sexta-feira (5/2). “Com a

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.