Medida de Dilma repassa mais 24 bilhões ao BNDES, para empréstimos a empresas e países amigos

Poderá ser votado nesta semana, na Câmara dos Deputados, o relatório final sobre a Medida Provisória 628/13, editada por Dilma Rousseff para liberar R$ 24 bilhões do Tesouro Nacional para o BNDES. Segundo o texto da medida, os recursos bilionários que serão transferidos ao banco devem financiar projetos de investimento de longo prazo na área de infraestrutura e em outros segmentos considerados estratégicos pelo governo federal.

O crédito concedido pelo Tesouro ao BNDES será remunerado pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). Para o senador Alvaro Dias, mais uma vez o Tesouro Nacional terá prejuízo com esse repasse bilionário de verbas ao BNDES. Como lembra o senador, o custo da dívida pública mobiliária federal vem subindo e já passou de 12%, enquanto o BNDES paga pelos empréstimos juros de 5%.

“O BNDES e outras instituições oficiais de crédito têm recebido vultosos recursos subsidiados do Tesouro Nacional que são repassados na forma de operações de crédito a tomadores finais. Os custos do Tesouro Nacional com as emissões que lastreiam esses empréstimos finais têm sido sistematicamente superiores ao retorno que obtém e, o que é mais preocupante, esses custos têm crescido exponencialmente. Apenas para ilustrar, entre dezembro de 2012 e dezembro de 2013, o custo da dívida pública mobiliária federal interna subiu de 11,72% ao ano para 12,35% ao ano, enquanto a TJLP – que é o que a União recebe do BNDES – caiu de 5,5% ao ano para 5% ao ano no mesmo período. Assim, o subsídio que era de 6,2% ao ano subiu para 7,4% ao ano. Quem paga essa diferença é o contribuinte”, disse o senador.

Além de receber repasses de recursos subsidiados do Tesouro, o BNDES, como lembra o senador, empresta milhões a empresas selecionadas pelo governo e países amigos, como Cuba e Angola, em condições contratuais vantajosas (para os que recebem o dinheiro), e em uma operação de crédito com informações guardadas a sete chaves. É para acabar com este sigilo que o senador Alvaro Dias apresentou projeto que acaba com o segredo bancário nas operações de instituições oficiais de crédito para governos estrangeiros. O senador argumenta que os bancos privados já garantem a transparência de suas atividades com a publicação de suas operações, e até mesmo o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento também dão publicidade aos seus empréstimos, “menos o BNDES, com os seus empréstimos e contratos sigilosos com Cuba e ditaduras africanas”.

O projeto do senador Alvaro Dias para acabar com sigilo nos empréstimos do BNDES, o PLS 26/2014 – Complementar, terá que ser apreciado e votado em três comissões: Relações Exteriores e Defesa Nacional; Constituição, Justiça e Cidadania; e de Assuntos Econômicos.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marco On 12 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

Uma balsa com um tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido atracou, no último sábado, no Porto Encontro das Águas, terminal da Petrobras em Manaus (AM), acompanhada pelo Navio-Patrulha Fluvial “Roraima”, subordinado ao

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias apresentou projeto de lei (PL), esta segunda-feira (08/02), que estabelece eleições diretas para a Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de promover outras mudanças que

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Marco On 5 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias fez um requerimento solicitando a inserção do voto de pesar pela morte do ex-prefeito de Cascavel, oeste do Paraná, Salazar Barreiros, nos anais do Senado Federal, nesta sexta-feira (5/2). “Com a

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.