Governistas aplicam golpe para amordaçar oposição e inviabilizar investigação na Petrobras

O senador Alvaro Dias apresentou, no Plenário, questão de ordem em que contesta decisão do presidente do senado, Renan Calheiros, de enviar ao exame da Comissão de Constituição e Justiça requerimento de criação de CPI da Petrobras. Renan Calheiros enviou à CCJ o requerimento em que as assinaturas foram colhidas pelos membros do governo, e que pede, além da investigação sobre a Petrobras, que se apure denúncias de formação de cartel pelas empresas Siemens e Alstom no Estado de São Paulo, e descartou a CPI proposta pela oposição.

Em sua questão de ordem, o senador Alvaro Dias alega que o requerimento apresentado pelas lideranças do governo contém erros formais em sua elaboração, como o de não indicar o número correto de membros suplentes que deveriam compor a referida CPI, um simples, mas importante requisito regimental. O senador lembrou ao presidente do Senado que, da mesma forma que, na sessão desta terça-feira (1°), o formalismo regimental foi exigido pelos representantes do governo, o que se requer e é o estrito cumprimento das normas regimentais, de igual forma e com mesmo empenho.

Ao pedir o arquivamento do pedido de CPI feito pelas lideranças governistas, o senador Alvaro Dias afirmou, no Plenário, que o Senado está avalizando uma tentativa de golpe por parte do governo, com intenção de amordaçar a oposição. Para o senador, o governo quer acobertar fatos e desviar o foco da verdadeira investigação que deveria ser feita, sobre as diversas denúncias que pesam contra a Petrobras.

“O que se vê é o desejo do governo de acobertar fatos que lamentavelmente depõem contra a gestão da Petrobras, que proporcionou enorme prejuízo à empresa e ao país, e que certamente exige respostas. A população percebe claramente que há enorme desvalorização da empresa, que se dilapidou o patrimônio que é dos brasileiros. O governo, se quiser, pode abrir uma nova CPI para investigar o cartel dos metrôs, mas não apenas em São Paulo, também em Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Salvador e onde mais houver denúncias de irregularidades. Mas a oposição quer investigar exclusivamente a Petrobras até mesmo pela importância que a empresa tem para o País, e pela necessidade de salvá-la, retirando-a do controle daqueles que a dilapidam irreversivelmente”, afirmou o senador Alvaro Dias.

Leia a íntegra da Questão de Ordem

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marco On 12 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

Uma balsa com um tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido atracou, no último sábado, no Porto Encontro das Águas, terminal da Petrobras em Manaus (AM), acompanhada pelo Navio-Patrulha Fluvial “Roraima”, subordinado ao

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias apresentou projeto de lei (PL), esta segunda-feira (08/02), que estabelece eleições diretas para a Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de promover outras mudanças que

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Marco On 5 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias fez um requerimento solicitando a inserção do voto de pesar pela morte do ex-prefeito de Cascavel, oeste do Paraná, Salazar Barreiros, nos anais do Senado Federal, nesta sexta-feira (5/2). “Com a

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.