Governantes devem abandonar o imediatismo e pensar o Brasil além da duração de seus mandatos

Governos e governantes devem abandonar de uma vez por todas o imediatismo no que se refere à receita pública, que sufoca a população brasileira e esmaga o setor produtivo com um sistema tributário desorganizado, ineficiente e injusto. Estados e Municípios sofrem também com a concentração dos recursos nos cofres da União, e a revisão do pacto federativo, ao lado da reforma tributária, volta à pauta dos debates no Congresso Nacional. Assista a integra do pronunciamento do líder do Partido Verde no Senado Federal, Alvaro Dias, feito nesta terça-feira (21/06). #ADComunicação

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram