Estudantes de São Paulo entrevistam senador sobre crise política

Alunos do último ano do ensino médio da Escola Vila de São Paulo estiveram, nesta segunda-feira (5/6), no gabinete do senador Alvaro Dias, para entrevistá-lo sobre o momento político.  A gravação do vídeo-entrevista faz parte do projeto da escola sobre ‘o que acontece em Brasília’.

Aos estudantes, o senador falou sobre sua carreira política, seus projetos – especialmente a PEC que acaba com o foro privilegiado – sobre o impeachment da ex-presidente Dilma, e sobre a grave crise política vivida no Brasil. “Nós estamos vivendo um pesadelo político. O que se demonstrou, nos últimos tempos, foi a existência de políticos que usaram a atividade para o enriquecimento ilícito. É impressionante o número de pessoas e os valores financeiros envolvidos. É algo para se sepultar definitivamente.  Espero que a crise seja a passagem para um novo cenário da política, mais ético”, disse.

“A democracia sofre risco com a crise? ”, questionou um dos alunos. Alvaro Dias respondeu que o lado positivo da crise é o fortalecimento das instituições e a mudança no conceito de justiça que, segundo ele, “passou a ser igual para todos”. “Espera-se que essa onda avassaladora de mudança chegue aos políticos, com o fim do balcão de negócios”, destacou.

Respondendo ao questionamento de um aluno sobre os principais personagens das mudanças, Alvaro Dias destacou a competência e a imparcialidade do procurador-geral da República, Rodrigo Janot; do Juiz Sérgio Moro; do Ministro do STF, Edson Fachin, além da Polícia Federal.

Sobre o governo de Michel Temer, o senador disse que ele “ignorou critérios técnicos, e se envolveu em acontecimentos deploráveis ao receber, tarde da noite, um empresário investigado. “Por isso, não podemos avalizá-lo”.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram