Dilma vai a Santa Catarina entregar máquinas; Presidente ou candidata?

“A presidente Dilma cruza o Brasil distribuindo motoniveladoras, máquinas, como se fosse uma grande realização do seu governo. Na ausência de obras importantes, a presidente se satisfaz com essas ações, que tenta transformar em eventos espetaculosos. Certamente, em muitas viagens, a presidente deve gastar mais com a viagem do que com a aquisição do maquinário a ser distribuído”. A afirmação foi feita por Alvaro Dias, no Plenário, ao elogiar o discurso do senador Paulo Bauer, do PSDB catarinense. Bauer fez duras críticas à presidente da República pela visita que fez hoje a Santa Catarina, segundo ele, para sacramentar aliança com o governador do Estado e “saciar suas necessidades eleitorais”.

No aparte que fez a Paulo Bauer, o senador Alvaro Dias relembrou que, quando governador do Paraná, nos anos 80, o Banco do Brasil celebrava convênios com os municípios para a distribuição de maquinário agrícola, o que era realizado, como lembra, “sem nenhuma espetaculosidade” e nem viés eleitoral.

“Agora, na véspera da eleição, sem ter o que inaugurar de grandioso, a presidente Dilma reduz o status da sua função à insignificância para sair por aí como candidata, numa vilegiatura eleitoreira, buscando apoiamento político de prefeitos, numa barganha incrível. Apoio dos prefeitos por algumas máquinas, algumas motoniveladoras, que são entregues pela Presidente da República. Veja onde chegamos, a que ponto. E até quando isso será suportado pelo povo brasileiro?”, disse o senador Alvaro Dias.

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.