Dilma prometeu segurança total na “Copa das Copas”, mas PF diz que não há efetivo para proteger todos

Em recente encontro com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, Dilma procurou tranquilizar os dirigentes do futebol mundial sobre a preparação da Copa do Mundo no Brasil, e sobre as ameaças de protestos violentos nas ruas durante o evento. Dilma disse a Blatter: “a obra dos estádios é o mais simples. Podem vir ao Brasil. Vocês serão recebidos de braços abertos. Estamos preparados. O governo terá todo o empenho para que essa seja a Copa das Copas”.

Matéria divulgada pela Presidência da República, logo depois do encontro entre Dilma e Blatter na Suíça, afirma que o governo federal já investiu R$ 850 milhões em atividades de segurança para os grandes eventos, que se estendem até a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro. O governo, que projeta um público de cerca de 600 mil turistas estrangeiros circulando no Brasil entre os meses de junho e julho, afirma que o legado dos investimentos em segurança será a total modernização da atividade policial no País.

O discurso do governo Dilma em relação à segurança para a Copa, entretanto, é desmentido pelos próprios profissionais que atual diretamente na proteção de autoridades, atletas e também turistas. Reportagem da CBN, reproduzida pelo site da Fenapef, revela que agentes federais estão apreensivos com a proximidade da competição, e dizem que não há pessoal nem estrutura suficientes: são 32 delegações estrangeiras, além de presidentes e ministros de vários países. A Polícia Rodoviária e a Polícia Federal, além de estradas, aeroportos, fronteiras, combate ao terrorismo, devem assumir a escolta dos visitantes.
Jones Leal, presidente da Confederação Nacional dos Policiais Federais, em entrevista à CBN, falou que a missão das forças federais de segurança é quase impossível: “Nós não temos condições de atender com segurança à sociedade e às delegações estrangeiras. E nós temos as nossas delegacias. Como ficaria? Abandonaríamos superintendências e delegacias que hoje já trabalham com efetivo mínimo? É uma situação muito difícil.”

De acordo com a reportagem da CBN, a Polícia Federal diz que hoje tem dez mil agentes. Ao menos 500 deles estão afastados por problemas psicológicos e de saúde. Na Polícia Rodoviária Federal, o contingente é parecido, e mil novos policiais aprovados em concurso deverão integrar o efetivo, mas sem resolver a falta de pessoal e de condições de trabalho, segundo o presidente da Federação dos Policias Rodoviários Federais, Pedro Cavalcante.

“Tem muitos postos onde falta água. Não há comunicação entre a gente. Uma coisa notória na PRF é a carência de policiais para o dia a dia. Imagina para trabalhar em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas”, afirma Pedro.

Diante da possibilidade de manifestações durante os jogos, o trabalho das polícias estaduais será crucial. Além da escassez de pessoal – nas manifestações de junho passado houve policiais militares com escala dobrada -, há falta de motivação entre policiais federais, rodoviários e militares.

(Postado por Eduardo Mota – Assessoria de Imprensa)

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.