Comissão aprova projeto de Alvaro Dias que retira silvicultura da lista de atividades poluidoras

A Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado aprovou, esta terça-feira (05/06), o projeto do senador Alvaro Dias (Podemos-PR) que retira a silvicultura da lista de atividades poluidoras. Silvicultura é o cultivo de árvores para reflorestamento ou venda da madeira.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 214/2015 altera a Lei 6.938/1981, conhecida como Lei da Política Nacional do Meio Ambiente. A modificação exime o agricultor que exerce a silvicultura de tirar licença ambiental e de pagar a Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental (TCFA).

Para Alvaro Dias, o projeto corrige um equívoco na lei. “O plantio de florestas em áreas degradadas auxilia na preservação dos mananciais e colabora no sequestro de carbono da atmosfera. Ou seja, ao invés de prejudicar, a silvicultura beneficia o meio ambiente”, destaca o líder do Podemos no Senado.

Com caráter terminativo, o texto agora seguirá para o plenário do Senado Federal, a fim de aguardar o prazo de cinco dias para recurso, antes de seguir para apreciação na Câmara dos Deputados.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram