Apoio ao projeto que fixa o piso salarial para agentes comunitários de saúde

Em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (21), o senador Alvaro Dias defendeu enfaticamente a aprovação do projeto que fixa em R$ 1.014 o piso salarial nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. Além de fixar o valor do piso salarial, a proposta estabelece jornada de 40 horas semanais e prevê, a partir de 2015, aumento real equivalente à variação positiva do PIB de dois anos antes. A sistemática é a mesma aplicada ao salário mínimo atualmente. Na sua defesa do projeto, o senador Alvaro Dias fez uma retrospectiva do Programa de Agentes de Saúde, criado no Ceará pelo então governador Tasso Jereissati, do PSDB, e que originou este tipo de atividade no país.

“A motivação da criação do programa foi a seca, no período de junho de 1987 e junho de 1988, que maltratava a população com menor poder aquisitivo e por isso era vulnerável às doenças típicas daquela época. O governador Tasso Jereissati selecionou 6 mil mulheres para o atendimento sobretudo do interior cearense. Depois, mais tarde, houve o apoio e a participação importante da Pastoral da Criança, da CNBB, da Unicef e do Programa Comunidade Solidária, coordenado pela então primeira dama do País, Ruth Cardoso, de saudosa memória. Neste contexto houve adesão do governo federal, quando o então presidente Fernando Henrique disponibilizou, através do Ministério da Saúde, profissionais especializados para capacitar e supervisionar o início de um trabalho, que foi implantado em outros Estados e hoje salva milhões de pessoas em todo o Brasil”, destacou o senador.

Alvaro Dias, no seu discurso, lembrou ainda que em 1991, a ideia do Programa foi apresentada ao Ministério da Saúde, cujo ministro à época, Alceni Guerra, delegou à Fundação Nacional de Saúde a incumbência de elaboração do projeto. Em 1999, o governo Fernando Henrique Cardoso, com o ministro José Serra, pelo Decreto nº 3.189, de 4 de outubro, fixou as diretrizes para o exercício da atividade do agente comunitário de saúde, entre as quais se destaca o papel do agente como promotor de saúde por meio da ação educativa. Depois disso, a profissão dos agentes comunitários de saúde foi criada pela Lei nº 10.507, de 10 de julho de 2002, também no governo FHC, com o então ministro Barjas Negri, cujo projeto de lei teve como relatora a então deputada federal, hoje senadora, Lúcia Vânia. Já em fevereiro de 2006, entrou em vigor a Emenda Constitucional nº 51, que desprecarizou o vínculo empregatício dos agentes, por meio de processo seletivo, sem a necessidade de realização de concurso público, o que beneficiou, na época, 154 mil profissionais entre os agentes comunitários de saúde.

Ainda em seu pronunciamento, o senador Alvaro Dias afirmou que o Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde foi proposto através de projeto de lei da senadora Lúcia Vânia, no Senado Federal, e pelo deputado Raimundo Gomes de Matos, na Câmara Federal, que culminou na Lei nº 11.585, que institui o dia 4 de outubro como o Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde. Segundo Alvaro Dias, no ano de 2009, o deputado Raimundo Gomes de Matos apresentou a PEC 391, que altera o art. 198 da Constituição Federal para estabelecer plano de carreira e piso salarial profissional nacional para o agente comunitário de saúde e o agente de combate às endemias, sendo a mesma promulgada na Emenda Constitucional 63, de 2010. O projeto de lei aprovado no último dia 07 de maio, na Câmara Federal, regulamenta essa PEC 63, estabelecendo o Piso Nacional e as diretrizes para o plano de cargos e carreira da categoria, que atualmente conta com mais de 300 mil agentes comunitários de saúde em todo País.

“Sem dúvida, é com grande satisfação que o PSDB oferece o seu apoio a este projeto. Essa retrospectiva marca uma presença forte do nosso partido na consolidação desse programa, desde o governo Tasso Jereissati, no Ceará, passando por todas as medidas que promoveram avanços indispensáveis, e, agora, a concretização desse anseio de todos os agentes comunitários do Brasil que aqui se encontram representados por aqueles que vieram, há vários dias já, manifestar o seu apoio e fazer esse apelo aos senadores para essa aprovação que se concretiza agora”, afirmou o senador Alvaro Dias.

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.