Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes de Freitas, corroborando as queixas e posições dos representantes do oeste paranaense. No documento, seus subscritores vocalizam a visão da região Oeste do Paraná sobre a modelagem em debate da nova concessão do pedágio no Estado.

Segundo afirma o senador Alvaro Dias no ofício encaminhado ao ministro da Infraestrutura, as entidades e movimentos organizados paranaenses destacam que o modelo de pedágio proposto não atende as necessidades locais. O senador afirma também que a modelagem em discussão atualmente gera o risco de ser implantado um sistema mais oneroso que o atual, diante dos critérios que estão sendo postos pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL).

“É importante ainda destacar que foi proposta uma cobrança de outorga onerosa (pagamento de luvas ou antecipação de dinheiro para o órgão concedente) para o vencedor do certame, o que representará impacto negativo e ônus no preço das tarifas pois quem pagará o custo de tal dinheiro é o povo do Paraná, que poderá conviver por mais 30 anos uma tarifa absurda, injusta e abusiva, afetando o potencial produtivo do estado, com redução da nossa competitividade regional e estadual”, afirma Alvaro Dias no ofício ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

O setor produtivo e as instituições representativas do Paraná, no documento que apresentaram, defendem a instituição de um modelo de menor preço, com garantias de execução de obras como duplicações, contornos, trevos, entre outros, na nova concessão das rodovias do Paraná. O grupo diz ainda que o de implantação dos pedágios precisa ser debatido com a comunidade, “não a portas fechadas ou conforme interesse das concessionárias”.

“E mais, não há razão para aumento de praças de pedágio em rodovias já duplicadas e pagas, a exemplo de Cascavel-Toledo, estando a proposta em desacordo com a necessidade do povo do Oeste e do Paraná. A sociedade, o setor produtivo e as instituições representativas do Paraná não aceitam seguir pagando uma das tarifas de pedágio mais caras do Brasil”, afirma o documento que o senador encaminhou ao ministro.

No final de seu ofício ao ministro da Infraestrutura, o senador Alvaro Dias elenca algumas das reivindicações do setor produtivo paranaense para a formatação do edital para a nova concessão das rodovias do Estado:

• A dissolução ao modelo de outorga onerosa, seja parcial ou total, pois isso se trata de um tributo disfarçado ou ágio, que representa aumento do preço das tarifas;
• Aplicação do maior desconto no preço do pedágio, como critério de seleção, a exemplo de outros estados brasileiros;
• Menor degrau tarifário como critério de reajuste das tarifas de pedágio após a duplicação das rodovias, com IPCA ou INCC, utilizado pela construção civil como critério de correção e não IGPM, como proposto.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marinha brasileira se destaca no combate à pandemia do coronavírus

Marco On 12 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

Uma balsa com um tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido atracou, no último sábado, no Porto Encontro das Águas, terminal da Petrobras em Manaus (AM), acompanhada pelo Navio-Patrulha Fluvial “Roraima”, subordinado ao

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Alvaro Dias envia ao ministro da Infraestrutura reivindicações do setor produtivo sobre novos pedágios no Paraná

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias, após receber documento com reivindicações de entidades de classe, empresariais, da agroindústria, do setor de logística de transporte e da sociedade organizada, decidiu enviar ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarsício Gomes

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Projeto de Alvaro Dias estabelece eleição direta e maior transparência na OAB

Marco On 8 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias apresentou projeto de lei (PL), esta segunda-feira (08/02), que estabelece eleições diretas para a Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de promover outras mudanças que

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Alvaro Dias apresenta voto de pesar pelo falecimento do ex-prefeito Salazar Barreiros

Marco On 5 de fevereiro de 2021 Destaque, Política

O senador Alvaro Dias fez um requerimento solicitando a inserção do voto de pesar pela morte do ex-prefeito de Cascavel, oeste do Paraná, Salazar Barreiros, nos anais do Senado Federal, nesta sexta-feira (5/2). “Com a

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.