Alvaro Dias diz que é preciso melhorar nível dos debates na Comissão de Impeachment

Na reunião da Comissão de Impeachment desta quarta-feira (22/6), o Líder do PV, senador Alvaro Dias, questionou o nível dos debates na Comissão e também a prática do governo do PT de tentar desqualificar o trabalho do Tribunal de Contas da União (TCU).

“Verificamos aqui que há uma tentativa de passar por cima da autoridade do TCU e também do Congresso Nacional. Querem desqualificar a qualidade técnica dos que atestaram as pedaladas fiscais e os decretos de suplementação orçamentária. E isso é recorrente. Há alguns anos, o presidente Lula desafiou a recomendação do TCU e do Congresso de paralisar as obras da refinaria Getúlio Vargas, em Araucária, por causa de um desvio de R$ 1 bilhão. O presidente Lula desprezou os técnicos e ainda foi, festivamente, inaugurar a refinaria”, disse.

O senador destacou que essa “postura autoritária” se repete agora na discussão sobre o impeachment, quando governistas tentam demonstrar que o “TCU agiu de forma errada ao atestar as pedaladas”.

Alvaro Dias perguntou ao representante da Secretaria de Orçamento Federal (SOF), Robson Azevedo Rung, sobre o porquê de as suplementações orçamentárias não terem sido feitas por meio de projeto de lei e também sobre o controle sobre o cumprimento da meta fiscal. E destacou que os decretos foram usados para mascarar a realidade fiscal do País. “A criação de um superávit irreal foi uma contribuição para que se desse o estelionato eleitoral. Contas foram maquiadas para enganar a população, especialmente durante a campanha eleitoral”

O senador destacou ainda que as reuniões da Comissão de Impeachment têm promovido uma “fadiga de material” com excesso de questões de ordem, sem nenhuma necessidade: “A população está cansada, porque o nível foi rebaixado. Se houvesse uma pesquisa, ficaria claro que a audiência caiu muito. Temos que melhorar o nível desse debate até o dia do julgamento”.

 

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram