Alerta para possibilidade de invasão de terras produtivas no Paraná por integrantes do MST

O senador Alvaro Dias fez um apelo, na tarde desta terça-feira, ao governo federal, falando na Tribuna do Senado: que tome providências para evitar uma invasão do Movimento dos Sem Terra às terras produtivas mantidas pela empresa Araupel, localizada na cidade paranaense de Quedas do Iguaçu. O senador fez o pedido a partir de informações que recebeu do prefeito da cidade, Edson Jucemar Hoffmann, de que o MST estaria programando a invasão do terreno, o que pode levar à destruição das instalações administrativas, industriais e de reflorestamento mantidas pela empresa.

Segundo Alvaro Dias, 20% da população local dependem diretamente da empresa, especializada no beneficiamento de madeira com produtos de exportação. Além de gerar empregos, a mesma empresa assentou mais de 2.700 famílias na área ao redor da madeireira. O senador acredita que a invasão em terras produtivas tenha como objetivo a apropriação indevida de madeira, e classificou o movimento de “criminoso”.

Informações recebidas pelo senador do presidente da Associação Comercial de Quedas do Iguaçu, Reni Felipe, revelam que caso venha a se concretizar a propalada invasão do MST, cerca de 50% da economia local será afetada. Isto porque, como explicou Alvaro Dias aos parlamentares, a Araupel gera mais de mil empregos diretos e aproximadamente mil empregos indiretos.

“A Araupel é responsável pelo maior assentamento da América Latina. Mais de 2,7 mil famílias foram assentadas em 51.290 hectares. A empresa contribui fortemente nas áreas social, educacional, ambiental e econômica do município de Quedas do Iguaçu, por intermédio de projetos e de doações. Atua por mais de quatro décadas no município, e acaba de doar 98 mil metros quadrados para a instalação do Instituto Federal do Paraná. É uma empresa 100% brasileira, uma das maiores dos setores de reflorestamento e beneficiamento de produtos de alto padrão em madeira, exportando para os Estados Unidos e Europa. Portanto, é inexplicável essa ameaça do Movimento dos Sem Terra. Não podemos, de forma alguma, entender uma manifestação criminosa como essa. O governo federal tem que estar presente, e não pode fugir à responsabilidade de preservar a ordem, pois diz respeito ao interesse público, à população de uma cidade e de uma região no Paraná”, afirmou o senador.

Em seu pronunciamento, Alvaro Dias listou alguns dos benefícios que a empresa proporciona para os municípios de Quedas do Iguaçu, Espigão Alto do Iguaçu, Nova Laranjeiras e Rio Bonito do Iguaçu, tais como:

> A empresa recebeu importante prêmio importante: Expressão em Ecologia;
> Distribuiu três milhões de reais, como premiação, aos funcionários, pelo sucesso obtido pela empresa, o melhor dos últimos 9 anos;
> Planeja o investimento de 15 milhões de reais no ano de 2014 e a estimativa para os próximos anos é de 35 milhões ao ano em máquinas e equipamentos;
> Investirão em nova unidade no Paraná – geração de novos empregos;
> Previsão de 140 milhões de reais em investimentos nas duas unidades, nos próximos anos;
> Geração de 400 novos empregos diretos;
> A invasão significaria, para a empresa e para a comunidade, prejuízo também em matérias primas. Não há terreno improdutivo. A invasão se explicaria pelo roubo de toras e não pela utilização de terreno;
> A movimentação não tem conotação social, O objetivo é cometer crime;
> A empresa está associada em projetos sociais ligados à escolas, universidades, igrejas, APAE, Projeto Gente, e outras organizações no município;
> Facilita a aquisição da casa própria aos funcionários (mais de 1000 residências);
> Cede terreno para o 6º Batalhão da Polícia Militar através de comodato;
> Cede terreno, em comodato, para aterro sanitário para as prefeituras de Quedas do Iguaçu e Espigão Alto.

Ao final de seu discurso, o senador Alvaro Dias reiterou seu apelo ao governo federal, por intermédio da Presidência da República, da Casa Civil, do Incra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, para que tome providências de evitar a invasão programada pelos integrantes do Movimento dos Sem Terra.

“É hora de instalarmos a autoridade quando a autoridade constituída não se impõe, não se estabelece e não age com competência. Certamente a desorganização, a violência, o tumulto preponderam em prejuízo das pessoas de bem, das famílias honradas, que procuram ganhar o seu sustento através do trabalho, especialmente, nesse caso, esses trabalhadores, que atuam em razão da existência de uma empresa que tem a respeitabilidade do Paraná. O Brasil, através de seu governo, tem que preservar essa prerrogativa essencial do cidadão, que é o seu direito ao trabalho”, concluiu o senador.

Foto: Luiz Wolff

Compartilhe este post

Facebook
Telegram
WhatsApp
Twitter
Email
Siga-nos nas redes sociais
Cadastre-se e seja notificado de todas as novidades do Portal.
Últimos posts
Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Podemos convida Alvaro Dias para ser candidato a presidente da República

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Durante a Convenção Nacional do Podemos, realizada neste domingo (31/07) em São Paulo, os integrantes do partido presentes no evento fizeram um convite ao senador Alvaro Dïas, aprovado de forma unânime por todos: que seja

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Agência Câmara destaca projeto de Alvaro Dias que permite dedução no IR dos gastos com remédios

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

A Agência Câmara de Notícias deu destaque ao projeto do senador Alvaro Dias que altera a legislação para permitir a dedução, no Imposto de Renda, das despesas com medicamentos de uso contínuo e de alto

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Alvaro Dias aprova no Plenário 90 milhões de dólares para a educação no Paraná

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

O senador Alvaro Dias garantiu a aprovação, nesta quarta-feira (03/08), do seu relatório favorável à autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Segue para sanção projeto de Alvaro Dias que garante a agricultores maior acesso a soluções tecnológicas

Marco On 5 de agosto de 2022 Featured Política

Está seguindo nesta semana para sanção do presidente da República o projeto do senador Alvaro Dias que tem como objetivo permitir aos agricultores acesso rápido e abrangente às tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa

Citações

O foro privilegiado é o protetor daqueles que praticam atos de corrupção e permanecem impunes.

Mais de 90% da população deseja o fim dos privilégios das autoridades.

Só com o fim do foro privilegiado podemos afirmar que todos serão iguais perante a lei.

O foro privilegiado é essa perversidade que impede uma mãe de assistir justiça com a condenação de um criminoso que assassinou o seu filho.

Vamos olhar mais para o campo. A agricultura será a salvação do Brasil no pós-pandemia. A agricultura será fundamental.

Ao longo do tempo, o Brasil valorizou pouco a agricultura, deveria ter valorizado mais.